Você tem permissão para ser o seu eu mais autêntico

A verdade é que a maioria de nós tem medo de ser nós mesmos. Todos os dias, vivemos essa vida sendo alguém que parece ter descoberto tudo. Fingimos que nossas vidas estão perfeitamente intactas, sem a presença de qualquer quebrantamento. Seguimos o mainstream, nos inscrevemos para uma carreira de prestígio, gostemos ou não, escondemos nossa vulnerabilidade e a mascaramos com feeds do Instagram bem selecionados e dizemos sim a tudo que a sociedade aprova como definição de ser ‘bem sucedido’.

Desde que estávamos na escola, estávamos acostumados a nos moldar em alguém que cumprisse as regras e ganhasse o rótulo de ser um ‘bom menino‘ou um ‘boa menina’. Passamos nossas vidas agradando nossos pais, familiares, amigos ou aqueles que estão próximos de nós, escondendo nosso verdadeiro eu e fingindo que estamos bem o tempo todo. Assim, esquecemos que temos alguém cuja felicidade e aprovação são mais importantes do que tudo: nós mesmos.

Desta vez, dê a si mesmo permissão para fazer uma pausa por um tempo. Este é um espaço seguro para você ser você mesmo, onde você não precisa ser alguém que não é. Permita-se sentir-se triste, zangado, desapontado, ansioso ou com medo. Seus pensamentos, emoções e sensações são bem-vindos aqui. Após aqueles anos escondidos, deixe que este seja um momento em que você se mostre para o mundo sendo você mesmo.

Você pode se sentir cansado e precisar de um descanso decente. Você pode finalmente admitir que esta vida é difícil e você está cansado de fingir que está tudo bem. Permita-se reconhecer totalmente sua vulnerabilidade por um tempo. Depois de todo esse tempo carregando um fardo pesado sozinho, permita-se finalmente dizer, “Eu não estou bem.”

Quaisquer que sejam as expectativas que as pessoas tenham sobre você agora, você ainda pode se confundir e admitir que está perdido ao longo do caminho. Você pode finalmente perceber que cometeu alguns erros e decisões erradas –e você tem permissão para se perdoar.

Você tem permissão para perceber seu trauma não curado e começar a curá-lo um dia de cada vez. Você tem permissão para ficar ansioso e com medo. Você tem permissão para ver seus próprios comportamentos tóxicos e pode buscar ajuda e receber amor incondicional apenas por ser você mesmo.

Por favor, saiba que você ainda é digno de amor e aceitação, mesmo quando está sendo você mesmo. Você pode ser amado exatamente por quem você realmente é. Portanto, permita-se parar de agradar aos outros dizendo sim a tudo e sendo alguém que você não é.

Desta vez, permita-se ser liberado e livre das expectativas e da aprovação das pessoas.

No final do dia, o que mais importa é a sua própria aprovação. É o que você sente, pensa e diz a si mesmo que mais importa. Permitir-se ser você significa aceitar seu verdadeiro eu, não importa o quão inaceitável você seja aos olhos das outras pessoas.

A jornada de aceitação de si mesmo pode ser a coisa mais difícil da sua vida, mas um dia, você finalmente será a versão mais autêntica de si mesmo que jamais poderá ser.

Você deu o seu melhor para sobreviver e estou orgulhoso de você –Nós estamos orgulhosos de você. Deixe todas essas palavras penetrarem profundamente em seu coração. Acredite que você sempre tem permissão para ser você mesmo, onde quer que esteja.

Depois de todo esse tempo, você sempre tem permissão para ser humano.

@via

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *