Eu vi seus arco-íris, agora deixe-me ver sua tempestade

Eu tenho visto seu brilho – sua mente tão cheia de bondade, alegria e magia. Eu tenho ouviu você fala de coisas que ama com tanta paixão que é quase ridículo. Eu tenho sentido seu desejo de mudar o mundo e fazer o que for preciso para fazer a diferença, mesmo quando isso signifique dar mais do que você pode receber. Estou ansioso por você.

Você é um arco-íris, mas todo arco-íris aparece depois de uma tempestade. E estou pronto para ver sua tempestade.

Diga-me tudo. Mas não as coisas que você conta para todo mundo. Eu não quero o brilhante e a confortável. Eu não quero o calma ou o colorido. Não quero ouvir as coisas que você está tão acostumado a dizer para fazer as pessoas ao seu redor se sentirem bem, se não melhor. Eu ouvi todos eles.

O que você está realmente pensando? Sentimento?

Que impulsos distorcidos você está tentando desesperadamente ignorar neste exato momento? Que pensamentos sinistros você está tentando encerrar agora? Diga-me, o que está passando pela sua cabeça sempre que eu te pego olhando para o nada?

O que te mantém acordado a noite toda? E o que te acorda com falta de ar nas primeiras horas da madrugada? O que te faz querer apenas dormir e deixar sua realidade por um pouquinho?

Conte-me sobre a primeira pessoa que cortou tanto seu coração que você nunca pensou que sobreviveria. Fale-me sobre você arrependimentos e por que você se arrepende deles. O que você teria feito em vez disso?

Fale-me sobre o cicatrizes você ainda tenta se esconder através de suas belas risadas e mentiras inocentes. Fale-me sobre o pensamentos perversos você quase agiu porque está cansado de tudo e de todos colocarem a sua gentileza à prova, aproveitando a sua bela alma.

Deixe-me entrar em sua tempestade violenta.

Deixe-me entrar no seu dor e eu vou lamentar com você se eu precisar. Deixe-me entrar no seu batalhas e eu vou lutar com você se você precisar de mim. Deixe-me int0 seu derrota e eu vou lamentar com você se você quiser. Deixe-me int0 seu mundo que ninguém sabe que existe – o mundo cheio de escuridão, e medo, luxúria, até trapoe. Deixe-me entrar em um mundo onde você está sozinho e quebrado e mal se aguentando e eu vontade espere com você. Deixe-me entrar na sua parte onde você guarda seus segredos mais profundos e sombrios e eu cuidarei deles para você.

Eu serei a gaiola onde você pode colocar todos os seus demônios em uma coleira. Eu não tenho medo deles. Todos nós os temos. Nós os enterramos tão fundo que esquecemos que somos como aquelas bombas-relógio que implodem no momento em que tudo fica demais. E todos nós precisamos de um lugar seguro onde possamos deixá-los livres um pouco para que possamos respirar e encontrar uma maneira de começar de novo.

E tudo o que estou dizendo é que posso ser seu lugar seguro se você me deixar entrar.

@via

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *