A verdadeira razão pela qual a Disney parou de vender o VHS de ‘The Rescuers’ em 1999

Na era das trevas antes do Amazon Prime e do YouTube, se você quisesse assistir a um filme, precisava obter uma cópia física desse filme em videoteipe. Você fez isso indo a uma loja de varejo ou locadora de filmes e esperando que eles tivessem o filme em questão em estoque. Se você tivesse experiência em tecnologia e realmente Se quisesse assistir a um determinado filme, você poderia encomendá-lo online e, em poucas semanas, poderia assisti-lo em sua própria casa.

Se o filme que você queria assistir fosse um filme da Disney, o processo era ainda mais complicado. A Disney tinha uma prática especial de criar escassez artificial, lançando seus filmes por um tempo limitado e, em seguida, tornando-os indisponíveis para compra, colocando-os no “Disney Vault“. Os filmes seriam então relançados nos cinemas e nos vídeos domésticos a cada dez anos. Isso atraiu mais atenção e vendas para os filmes da Disney durante suas tiragens limitadas. Essa prática terminou um pouco em 2019, quando a Disney comprou a 21st Century Fox e a Disney + plataforma de streaming foi criado.

Em 1999, um filme animado da Disney chamado The Rescuers de 1977 foi lançado para relançamento em VHS. O filme é sobre uma sociedade internacional de ratos que ajuda vítimas de sequestro, chamada Rescue Aid Society. Dois membros, Bernard (dublado por Bob Newhart!) E Miss Bianca (dublado por Eva Gabor!), Concordam em ajudar uma jovem órfã chamada Penny que está sendo mantida refém em um barco em um rio na Louisiana.

As crianças adoraram tanto essa história de salvadores de ratos que se tornou o primeiro filme de animação da Disney a ter uma sequência. The Rescuers Down Under segue Bernard e Miss Bianca, agora agentes de campo de elite na Rescue Aid Society, enquanto se aventuram no Outback australiano para resgatar um menino sequestrado chamado Cody. O filme foi lançado em 1990 e foi para o cofre da Disney em 1993.

Em 1999, era hora de pensar em relançar The Rescuers e The Rescuers Down Under. Três dias após esse segundo lançamento, em 8 de janeiro de 1999, a Disney anunciou que estava fazendo um recall de todas as 3,4 milhões de cópias do VHS. O motivo apresentado foi uma “imagem questionável” no fundo do filme.

Claro, as pessoas se esforçaram para descobrir exatamente o que era a “imagem questionável” e o VHS recuperado rapidamente se tornou um item de colecionador.

Acontece que a imagem de uma mulher nua foi inserida em dois quadros não consecutivos no filme, na cena em que Bernard e a Srta. Bianca estão voando pela cidade de Nova York e muitos prédios e janelas aparecem ao fundo. As imagens da mulher nua não seriam visíveis para quem não as procurasse, pois só aparecem em dois fotogramas e o filme roda. 24 quadros por segundo. Existem 110.000 quadros no total no filme. Ainda assim, como uma empresa que comercializa principalmente para famílias e crianças, a Disney decidiu fazer o recall da fita.

Aqui está a seção do filme onde as imagens são colocadas lentamente para que fiquem visíveis:

A Disney afirma que a imagem da mulher nua não foi criada por seus animadores, mas foi inserido na pós-produção do filme por um fornecedor que não seja da Disney. Eles podem estar presentes no filme desde o lançamento original nos cinemas em 1977! No entanto, a versão do The Rescuers que foi lançado em VHS em 1994 era uma impressão diferente que não continha as imagens de forma alguma.

A grande maioria do público não tinha ideia de que havia imagens de nus escondidas em The Rescuers até a Disney anunciar que estavam relembrando o filme e por quê. A empresa havia recebido zero reclamações sobre as imagens. Pode ser que essa tenha sido apenas mais uma estratégia que a Disney usou para criar escassez artificial. Assim que o recall foi anunciado, as cópias do VHS tornaram-se mais valiosas e procuradas. Talvez a Disney tenha lançado esta versão de The Rescuers com uma opção nuclear. Se eles decidissem não fazer nada, é improvável que alguém notasse as imagens da mulher nua (lembre-se, isso foi antes da existência da internet de hoje). No entanto, se as vendas do VHS fossem lentas, a Disney poderia anunciar o recall para revigorar o interesse pelo filme.

Essa história só poderia acontecer nos anos 90, pois é improvável que vamos ouvir mais rumores de cenas escondidas em filmes. Agora você pode transmitir, pausar e capturar a tela de quase todos os filmes já feitos e, em seguida, compartilhar essa captura de tela com todos que você conhece. Uma vez que uma pessoa percebe algo, todos os outros também sabem.

Será interessante ver como será a estratégia da Disney para criar escassez quando aplicada a uma geração que cresce tendo acesso instantâneo a tudo.

@via

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *